Endodontia | Arte Dente - Excelência em Tratamentos Estéticos Odontológicos

Endodontia

Endodontia

O que é?

A Endodontia é a área da odontologia responsável pela prevenção e tratamento das doenças da polpa do dente, mais conhecidos como "tratamento de canal". 

 
O que é o tratamento de canal?

No tratamento do canal da raiz do dente é preciso retirar a polpa dentária – a parte viva do dente que fica dentro da raiz – que contém vascularização e inervação que circula dentro do dente. Uma vez que a polpa foi danificada, infeccionada ou morta, precisa ser removida. O espaço que fica vazio é limpo e preenchido.

 

Quando fazer?

Quando há cáries profundas e quando o dente sofre algum trauma ou fratura mais grave, lesionando, necrosando ou inflamando de maneira irreversível a polpa dentária (o nervo).

Os sintomas (sensações) indicativos de tratamento de canal são dor espontânea, sensibilidade prolongada ao frio e/ou ao calor e incômodo ao toque e na mastigação.

Já os sinais (o que se enxerga) que mostram a necessidade de uma endodontia são presença de abcesso ou fístula (lesão em forma de bolha na gengiva por onde extravasa pus).

 

Importância do tratamento

A endodontia, além de tratar patologias ligadas à polpa, salva e mantém o dente em boca. Também evita complicações e em conjunto com a posterior reconstrução, devolve ao dente sua função mastigatória.

 

E o que acontece se eu não fizer?

A falta do tratamento endodôntico resulta em infecção, além de inchaço, febre, dor e levam na maioria das vezes, à extração daquele elemento. A falta de tratamento endodôntico pode resultar em uma infecção na raiz e nos tecidos vizinhos.

 

Quais são os procedimentos para se tratar um canal dentário?

O primeiro passo é remover a polpa. Para tanto, é tomada anestesia local. Com a broca, é feita uma abertura na coroa do dente para acessar o tecido pulpar e com um instrumental específico, o remover.

O espaço onde a polpa se encontrava e os canais que ficam nas raízes são esvaziados, alargados, irrigados e desinfeccionados para seu preenchimento com material obturador específico ou curativos.

Quando o tratamento endodôntico estiver finalizando, a cavidade pulpar e os canais são preenchidos permanentemente, e aí uma restauração definitiva é realizada, de modo a readquirir a aparência natural do dente.

 
Quais casos precisam de tratamento de canal?

É preciso fazer tratamento de canal quando a cárie atinge profundamente o dente e chega à polpa dentária. Outros motivos são:

- Dente quebrado;

- Cárie profunda;

- Dano ao dente, como um trauma forte, seja ele recente ou mais antigo;

- Necessidade de tratamento protético;

- Dores com alimentos e bebidas frias e quentes.

 
O tratamento dói?

Não. As técnicas modernas conseguem eliminar totalmente a dor do tratamento. Haverá incomodo pós-operatório controlado com medicação.

 

Quanto tempo leva?

Atualmente a  grande maioria dos casos é solucionado em uma sessão.

 

O dente escurece?

Não. O dente não escurece como acontecia há anos atrás, pois os materiais de obturação atuais são livres de corantes escuros.

Agende uma consulta