Toxina Botulínica | Arte Dente - Excelência em Tratamentos Estéticos Odontológicos

Toxina Botulínica

 Toxina Botulínica

O que é?

Toxina botulínica, o famoso "Botox", se origina de uma bactéria chamada Clostridium botulinum. Essa toxina é utilizada para prevenir ou amenizar marcas de expressão que podem ser causadas pela contração dos músculos do rosto durante os anos, má alimentação, envelhecimento facial, tabagismo, exposição solar inapropriada etc.

 

Como funciona?

Ao ser injetada, a toxina botulínica atua como se fosse um bloqueador neuromuscular que impede as transmissões de estímulos dos neurônios para os músculos, inibindo a contração muscular de forma parcial ou completamente. Mesmo com esse bloqueio, com o tempo, o próprio organismo produz novas vias de transmissão, por isso, o efeito do Botox é temporário.

Além do uso estético, a toxina botulínica também pode ser usada como tratamento de suor excessivo, espasmo hemifacial (quando metade do rosto sofre com repuxos), enxaqueca, estrabismo, espasticidade disfuncional (rigidez muscular excessiva), dentre outros.

 

Na Odontologia a Toxina Botulínica está indicada nas seguintes situações:

- Coadjuvante no tratamento da Disfunção da ATM (Articulação Têmporo-Mandibular) e Dores Orofaciais

Importante aliado do Cirurgião-Dentista no controle das dores, a injeção pontual da toxina botulínica relaxa a musculatura promovendo um alívio para as dores faciais crônicas;

 

- Pacientes com Bruxismo do Sono (ranger e apertar os dentes)

Devido ao relaxamento muscular promovido pela toxina botulínica os efeitos deletérios do bruxismo do sono são amenizados;

 

- Hipertrofias (aumento de volume) dos músculos masseteres (da face) e/ou temporais

A sobrecarga constante na musculatura facial promove um aumento do volume normalmente acompanhado de dor e/ou aparência antiestética, às vezes promovendo assimetria facial;

 

Sorriso Gengival (exposição excessiva da gengiva ao sorrir)

A exposição gengival excessiva promove desarmonia na dinâmica do sorriso, que pode ser melhorada de uma maneira relativamente fácil, com o emprego da toxina botulínica;

 

- Nos casos de cirurgias de implantes com Carga Imediata

São beneficiados pela ação da toxina aqueles pacientes que têm indicação para se submeterem a cirurgia de instalação de implantes com carga imediata, ou seja, instalação de implantes e prótese sobre implante no mesmo dia e apresentam bruxismo (diurno e noturno);

 

- Auxiliar a ortodontia em pacientes braquicefálicos (face curta)

Nos pacientes braquicefálicos a movimentação dentária fica comprometida devido ao apertamento dentário intenso, aumentando bastante o tempo de tratamento, além da quebra frequente da aparatologia empregada na movimentação ortodôntica;

 

Qual a diferença entre Botox e preenchimento facial?

Enquanto a toxina botulínica age como paralisante muscular, o preenchimento facial é indicado para tratamento de áreas onde há rugas mais profundas, além de repor o volume facial e tratar a flacidez.

 

Indicações

Normalmente é aconselhável iniciar as aplicações após os 25 anos ou quando o paciente sentir incômodo com as linhas de expressão.

 

Contraindicações

É contraindicado para pacientes que apresentam alergia a algum componente da formulação da toxina botulínica, grávidas ou mulheres em amamentação, portadores de doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias.

 

Resultados

O resultado do Botox normalmente pode ser visto depois de 48h, e seu efeito máximo, em 15 dias. Não é preciso repouso após aplicação, porém, é recomendável que nas horas seguintes não pratique exercícios físicos e nem massageie ou esfregue o local.

Após o procedimento, podem surgir pequenos hematomas devido a introdução da agulha na pele, que pode perfurar vasos sanguíneo, mas serão logo absorvidos pelo organismo. O procedimento é geralmente bem tolerado pelos pacientes, para os mais sensíveis pode ser utilizada uma pomada anestésica ou gelo local que minimiza o desconforto local.

 

Duração

A duração da aplicação varia entre 3 a 4 meses, mas há casos em que o resultado pode se estender por até 6 meses.

 

Intervalo entre aplicações

Deve existir um intervalo mínimo de 3 meses entre cada aplicação, e caso esse tempo não seja seguido, há risco do organismo desenvolver resistência ao produto, fazendo com que a toxina botulínica perca seu efeito.

 

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais são mínimos e relacionam-se com a injeção local. Dor ou edema podem surgir em torno do local da injeção. Maquiagem pode ser usada após o tratamento, mas é preciso ter cuidado para não pressionar ou massagear a área após algumas horas do procedimento. Em casos raros, os pacientes podem desenvolver fraqueza temporária dos músculos vizinhos, ou dor de cabeça, ou sobrancelha e/ou pálpebra caída, também temporariamente.

Agende uma consulta